Liceu no Jornal Cidade de Rio Claro em 08.11.09

Fonte: http://jornalcidade.uol.com.br/rioclaro/colaboradores/rio_claro/51926-Dia-Mundial-do-Urbanismo

“Dia Mundial do Urbanismo por Jaime Leitão Dom, 08 de Novembro de 2009 07:14

Comemora-se hoje o Dia Mundial do Urbanismo. O que é urbanismo? É uma área do conhecimento, técnica e científica, exercida geralmente por arquitetos e engenheiros, voltada para o espaço urbano, que tem por objetivo fazer intervenções que propiciem uma melhora na relação entre a população e a cidade onde vive. Não se pode pensar em urbanismo se o poder público não estiver comprometido com ele, preocupado com um planejamento permanente que evite a degradação das principais áreas urbanas. Um exemplo recente apareceu em reportagens em diversos jornais mostrando um dos mais tradicionais colégios de São Paulo, o Liceu Coração de Jesus, salesiano, que já teve 3.000 alunos, entre eles Monteiro Lobato, Toquinho e Grande Otelo, e que agora só possui 288 alunos, devido à proximidade da chamada cracolândia. Os alunos vêm sendo impedidos de permanecer nos extensos pátios durante os intervalos para evitar a visão de crianças se drogando a poucos metros dali. E muitos assaltos ocorrem no percurso de ida e volta da escola. A Prefeitura, na atual e nas anteriores administrações, tem propalado a recuperação do centro de São Paulo, mas ela sempre esbarra no problema das drogas e outros que não são atacados pra valer. A degradação do centro, não só em São Paulo, mas na maioria das cidades, aponta para a omissão dos políticos no sentido de convocar urbanistas para repensar lugares de circulação que também foram no passado pontos de lazer e que ainda abrigam escolas que vão sendo expulsas pela violência crescente. Segundo a Sociedade Brasileira de Urbanismo (SBU), “a data é comemorada desde 1949 como uma estratégia para promover a consciência, a promoção e a integração entre a comunidade e o urbanismo, de forma participativa, em todos os níveis de governo. Então é uma ótima oportunidade para repensarmos, refletirmos melhor sobre o urbanismo enquanto área do conhecimento e sobre as reais condições de vida da população das cidades brasileiras”. No século XXI, a atuação do urbanista terá que ser obrigatoriamente maior. O aumento avassalador da frota de veículos significou um entupimento das cidades, um congestionamento em horários em que antes era possível circular sem dificuldade. Cabe ao urbanista, juntamente com outros setores administrativos, equilibrar de novo a relação entre veículos e indivíduos. Sem isso, logo não haverá espaço para o ir e vir, deixando as cidades literalmente paralisadas. Moradias em áreas de risco, loteamentos irregulares, poluição visual, sonora, olfativa são questões que também devem passar pelo crivo do urbanista, esse profissional fundamental em uma administração, que precisa ter a liberdade de atuar para revitalizar o centro e outros locais que, com a urbanização que se deu nas últimas décadas, ficaram profundamente degradados.

Bom domingo. (O autor é cronista, poeta, autor teatral e professor de redação. jaimeleitao@linkway.com.br)”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: